terça-feira, fevereiro 21, 2006

Minetes

A queixa:

A resposta:

“Minha Cara,
Tenho, sinceramente, muita pena de si…
Em primeiro lugar, tive a pena de constatar que só se sentiu realizada, ou minimamente realizada, em 20% dos minetes que lhe fizeram. Concordo consigo quando diz que os homens devem perguntar às respectivas se estão contentes com o seu desempenho. Nesse caso, porque é que assume claramente que finge os seus orgasmos? Das duas uma, ou a menina nunca foi “comida” como devia, ou então, coitadinha, não tem mesmo jeitinho nenhum para o sexo. Nós, homens, também lhe podemos fazer, por exemplo uma estatistica de quantas mulheres são ou não boas na cama. Ou quantas fazem ou não, bons broches. O que nunca lhe vamos poder fazer é fingir um orgasmo. Isto, claro, se conseguir que atinjamos um.
Acredite que há muitos homens que perguntam as parceiras se estão contentes com o seu desempenho. E acredite também que a maior parte dos homens não teve que ler um manual para fazer bons minetes. Apenas teve que os fazer, uma e outra e outra vez. Só com treino se consegue melhorar a performance minha cara.
Em segundo lugar, informo-a que, caso ainda nao tenha percebido, o que voçê está a fazer é, muito simplesmente, a aumentar o número de homens que pratica mau sexo. Vo cê e as mulheres como vo cê. Ora repare: se vo cê finge um orgasmo de cada vez que está com um homem, em primeiro lugar, está a fazer com que o homem acredite que realmente percebe do assunto (Sim, há homens que nao percebem). Em segundo lugar, está a fazer com que este mesmo homem, não se esforçe o suficiente para agradar a parceira na relação seguinte. Penso que estamos ambos de acordo, quando digo que uma situação destas não é agradável, nem tão pouco desejável , certo?
O meu conselho, se o quiser aceitar, é: Faça mais sexo!!! A sério, penso que voçê precisa. Mas faça mais sexo sem fingir orgasmos. Vai ver que a sua vida sexual melhorar exponencialmente, e excusa de se vir queixar para as revistas. É obvio que nem todos os homens lhe vão dar um orgasmo, ambos sabemos isso. Mas vão tentar, isso , eu garanto…
E já agora. Informo-a também que não é assim tão raro uma mulher pedir ao “querido” para fazer assim ou assado. Não julgue todas as mulheres por si, “Dra. Ruth” .

Um Cordial abraço,
Miguel Sousa Tavares”

Publicado por Trombas em 19:09:31
Comentários

Os comentários estão fechados.